Atendimento Direto/SAC +55 85 4005-0707
WhatsApp 85 99133-0960

A Enfermagem na Pediatria

  • Postado: Monday, 28 de September de 2015

          Trabalhar na enfermagem é assumir um compromisso com a vida que nos leva a compreender o ser humano em seus aspectos bio-psico-sociais. O amor é sem dúvida o combustível principal que nos faz lutar com veemência em prol da salvação de vidas, pois somente quem abraça a profissão com muito amor é capaz de servir e assistir o ser humano em suas dificuldades.

 

          Quando a enfermagem é na área pediátrica, significa que quem assume precisa compreender a importância da família, pois irá cuidar daquilo que é mais precioso na vida de um casal, seu filho, e o cuidar de uma criança nos leva a vivenciar a problemática de seus pais e familiares, que, na maioria das vezes, carregam consigo as dores e dificuldades do pequeno infante, abraçando-as como sendo suas.

 

          A doença de uma criança é, muitas vezes, mais temível por seus pais do que pela própria criança, que não compreendendo seu problema passa a não se preocupar com ele, e por isso, a família, mais precisamente os genitores, assumem integralmente a problemática de seus filhos. Nesse momento, a família precisa ser acolhida e amada, pois vivenciará muitas dificuldades, assumindo plenamente as dores do filho e demonstrando a plenitude de seu amor, aquele que é o mais sublime dos sentimentos. Somente quem ama assume este papel diante do outro e é dessa forma que espontaneamente os pais revelam o grande amor que têm por seus filhos - um amor incondicional.

 

          O profissional de enfermagem precisa compreender tudo isso e entender que a enfermagem pediátrica só é plena de beleza quando ela valoriza a vida e a família, sendo capaz de transformar as dores de outrem. Os desafios diários dessa profissão são superados quando se percebe o quão gratificante é fazer o outro feliz, e nós temos esse poder em nossas mãos, é só exercitá-lo diariamente e enquanto trabalharmos.